quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Baratas envenenam umas as outras

http://www.siepa.com.br/figuras//barata.jpg  
Baratas são onívoras, ou seja, elas comem de tudo. Experimentam qualquer pedaço de matéria orgânica por perto. A limpeza do ambiente é uma forma de negar alimento e abrigo para essas “pragas”. Baratas gostam de ambientes escuros, úmidos e os mais sujos possíveis, por isso, frequentam esgotos e encanamentos durante o dia e a noite passeiam felizes nas suas panelas, pratos, escovas de dente. Só de falar dá nojo! Mas não adianta comprar o pesticida mais caro e eficaz se higiene do ambiente é precária.
Uma forma interessante e eficaz de se livrar dessas pragas, é causando um envenenamento que não seja instantâneo. O inseticida citado pelos leitores são os conhecidos como “iscas” que podem ser vendidos de várias formas: em gel, em pó ou sólidos. Todos possuem um grande atrativo: comida fácil! Como já dito, é importante que o veneno não seja instantâneo pois a barata precisa comer a isca e ter tempo para retornar para o ninho, onde se abrigam não só outras baratas, mas também seus ovos e ninfas.
Uma coisa que poucas pessoas sabem, é que as baratas além de nojentas são canibais, ou seja, devoram rapidamente um indivíduo da mesma espécie que tenha morrido por perto. Esse comportamento também ajuda na eficácia das iscas. O simples contato ou a ingestão do veneno causa uma contaminação imediata, voltando para o ninho de origem, a barata contaminada não resiste e morre por envenenamento, rapidamente vira comida das outras que se tornam susceptíveis a sofrer o mesmo destino. É um efeito dominó. Se uma barata comete o erro fatal de comer a isca envenenada, o seu ninho está comprometido!
As baratas entram na isca e são envenenadas.
Quando morrem, as outras baratas (canibais) se alimentam dos restos mortais e também ficam envenenadas.  
http://1.bp.blogspot.com/-1vHlB3ouJGs/TjMD6fbKp_I/AAAAAAAAAa0/NNTyLFrFEdM/s1600/matando-baratas.jpg

Nenhum comentário:

Postar um comentário