quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Maniçoba Paraense

http://1.bp.blogspot.com/_YX3MLLbzT6A/TH6Aui6GJVI/AAAAAAAABPM/yev4reid-2c/s1600/IMG_3477.jpg
Maniva moída (folhas de mandioca)
Feio mais é gostoso.
INGREDIENTES:
 6kg de maniva
2 kg de toucinho branco
2 kg de toucinho
2 kg de pé suíno salgado
2 kg de orelha suína defumada
2 kg de lingüa suína defumada
2 kg de rabo suino defumado
2 kg de lombo de porco salgado
2 kg de costela suína
1 1/2 kg de paio  
1 1/2 kg de chouriço
1 1/2 kg de lingüiça calabresa defumada  
4 kg de bucho bovino
4 kg de charque bovino
MODO DE PREPARO:

Pique as folhas de mandioca (maniva) sem os talos e moa muito bem em uma máquina de moer carne, até dar 6 quilos.
Num panelão com bastante água, leve a maniva moída ao fogo brando e deixe ferver durante 72 horas. Mexa de vez em quando, dando pelo menos três boas mexidas por período: Manhã, Tarde e Noite. Isto é feito para que as folhas não grudem na panela. Coloque sempre água, pois a massa não pode ficar seca. Quando for dormir, complete a água de novo e deixe o fogo mais o baixo possível.
Passadas as 72 horas, acrescente o toucinho branco (cortado) e o toucinho defumado (também ). Deixe ferver por mais 24 horas, sempre em fogo brando, completando a água e dando, no mínimo, três boas mexidas por período.
Com a maniva continuando a ferver na tarde do quarto dia, à parte, ponha as carnes salgadas e o charque de molho para tirar o excesso de sal. Ficam de fora apenas o paio, o chouriço, a lingüiça e o bucho de boi.
No quinto dia, corte em pedaços do tamanho de servir o bucho de boi e escalde muito bem para tirar todo o cheiro. Corte também em tamanho de servir as carnes salgadas, lave bem e afervente. Junte tudo e ponha no panelão em que a maniva continua fervendo por mais 48 horas, desligando o fogo quando for dormir.
No sexto dia corte em rodelas o paio, o chouriço e a lingüiça e ponha para ferver.
No sétimo dia a maniçoba já esta pronta e fica como se fosse uma feijoada.
A cor da maniva, que no inicio do cozimento é verde bem vivo, vai se transformando até ficar um verde muito escuro, quase preto.
Sirva com arroz branco, farinha d’água de mandioca e uma pimenta de cheiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário